Arquitetura

Reforma em casa, como planejar uma em 5 passos

reforma em casa

Quando pensamos em uma reforma em casa vem logo à mente o transtorno que ela pode causar. Quebra-quebra, sujeira, barulho, bagunça, além de uma série de imprevistos são alguns dos nossos temores. Tudo isso, porém, pode ser evitado. Sabe como? Não? Então, leia este post e entenda como planejar uma reforma em 5 passos.

1. Defina o escopo da reforma em casa

A primeira coisa a se fazer, evidentemente, é definir o escopo do projeto. O que vai ser reformado? Pode parecer óbvio, mas, na verdade, muita gente compra tintas e móveis sem nem ao menos decidir quais cômodos serão reformados. Pode ser que você saiba que precisa mudar algo em casa, mas não consegue definir exatamente o quê.

Além disso, depois de definido o escopo, procure se manter fiel a ele, pois não é raro as pessoas pensarem no meio do caminho: “já que quebrei essa parede, que tal quebrar essa outra?” e acabam saindo da ideia inicial e do orçamento! Se tiver dificuldades neste momento, pare, respire, e veja a próxima dica.

2. Escolha os profissionais

Você vai precisar de ajuda. Ninguém faz uma reforma sozinho, certo? Então, procure profissionais referenciados no mercado, peça indicações, pesquise na internet e contrate um arquiteto ou engenheiro. Estes profissionais devem orientá-lo do início ao fim da reforma, desde a fase de planejamento. 

Engenheiros e arquitetos são pessoas gabaritadas para ajudá-lo a definir o escopo, estabelecer um cronograma para a obra, realizar orçamento, procurar fornecedores, coordenar a equipe de execução, etc. São indispensáveis e, ao contrário de pesar no orçamento, poderão auxiliá-lo a economizar.

Um arquiteto cobra entre 2,5% e 15% do valor total da obra. Esse percentual pode acabar sendo gasto com retrabalho, compra de material que não estava no orçamento, correção de equívocos, só para citar alguns exemplos. Ou seja, sem a ajuda de um profissional você pode acabar gastando mais.

3. Defina o orçamento

O orçamento deve estar dentro da realidade e prever algumas sobras caso algo não ocorra da forma como planejado. Uma coisa que costuma pesar no orçamento são os custos com transporte e logística, então não deixe de prevê-los e prefira comprar de fornecedores que estejam localizados próximo ao local da reforma. Inclua, também, os objetos decorativos que serão acrescentados depois da obra.

De qualquer maneira, você deve fazer ou exigir que o profissional contratado faça mais de um orçamento para cada item. Busque qualidade e bom preço, negocie. Tire todas as medidas e pesquise o custo dos materiais, verifique opções mais em conta e que atendam às suas necessidades e calcule o custo total da obra antes de iniciá-la para evitar arrependimentos.

4. Escolha a equipe

Assim como você deve confiar em quem está coordenando a obra (engenheiro ou arquiteto), também deve confiar na equipe que vai executá-la. Pedreiros, carpinteiros e técnicos em geral devem ser de confiança. Por isso, busque referências novamente. Vale falar com os amigos, vizinhos e familiares que já fizeram reformas em casa.

Se você tiver contratado um escritório para elaborar o projeto, considere contratar todos os demais profissionais da mesma empresa ou indicados por ela. Assim, você terá profissionais que já estão acostumados a trabalhar juntos, com mais chances de estabelecer uma boa relação entre eles, contribuindo para a fluidez do trabalho.

5. Monte um cronograma

Estabeleça um prazo para a conclusão da reforma em casa e monte uma planilha de cronograma a partir dele. Nessa hora, é uma boa ideia reunir todos os envolvidos e questionar cada um a respeito de quanto tempo ele precisará para concluir a tarefa. Descubra, também, os possíveis problemas que podem ocorrer e influenciar no cronograma.

Uma boa dica para evitar atrasos é não iniciar a obra perto do final de ano, pois nesta época muitas lojas costumam fechar e funcionários decidem fazer recesso. Tenha em mente, ainda, as variações do clima e evite épocas chuvosas.

Com estas dicas, você viu que planejar uma reforma em casa dá trabalho, mas é fundamental para que sua obra ocorra de forma tranquila. De qualquer forma, esteja preparado para imprevistos. Converse sempre com o responsável pela obra.

Se você gostou deste post, pode acompanhar nossas novidades e dicas nas redes sociais. Curta nossa página no Facebook para ficar por dentro de tudo.

Sobre o autor

Thales Brito Arquitetura e Urbanismo

Thales Brito Arquitetura e Urbanismo

Thales Brito é Arquiteto e Urbanista especialista em Gerenciamento de Obras, Tecnologia e Qualidade da Construção. Trabalha com elaboração de projetos e construções. Auxilia seus clientes a criarem estratégias para construírem seus sonhos, por meio de projetos detalhados e planejamento de obras.
Esse blog possui como objetivo apresentar conteúdos para auxiliar você e diversas pessoas a concretizarem seus empreendimentos de maneira simples, segura e organizada.

Deixar comentário.

Share This

Receba conteúdos exclusivos a cada 15 dias. Inscreva-se!

EI, ESPERE!

Junte-se a pessoas que estão por dentro das novidades do blog.

Inscreva-se!

Site 100% Seguro!